NORMAS LINGUÍSTICAS DO PORTUGUÊS DO BRASIL

  • Roberta Bohrer da Conceição UFF

Resumo

Este artigo apresenta uma discussão sobre a variação linguística, mostrando as três normas que coexistem no português do Brasil: norma-padrão, normas cultas e normas populares. Faz uma breve análise do conceito de norma, surgido no seio do Estruturalismo, a partir de trabalhos de Eugenio Coseriu (1980), antes de evidenciar a visão de diferentes pesquisadores da área da Sociolinguística sobre essa temática, a saber Bagno (2001; 2003; 2009), Faraco (2002; 2008), Lucchesi (2001; 2002) e Bortoni-Ricardo (2009).


ABSTRACT: This article presents a discussion about linguistic variation, showing the three norms that coexist in brasilian portuguese: standard norm, cultured norm and popular norms. Give a brief review of the concept of norm, emerged in the framework of Structuralism from the works of Eugenio Coseriu (1980), before evidencing the vision of different researchers in the área of Sociolinguistic  on this subject, named Bagno (2001; 2003; 2009), Faraco (2002; 2008), Lucchesi (2001; 2002) e Bortoni-Ricardo (2009).


KEYWORDS: Linguistic variation, linguistic norms, standard norm.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Mestranda Em Estudos de Linguagem pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Publicado
2017-10-17
Como Citar
CONCEIÇÃO, Roberta Bohrer da. NORMAS LINGUÍSTICAS DO PORTUGUÊS DO BRASIL. Web Revista SOCIODIALETO, [S.l.], v. 7, n. 20, p. 343 – 355, out. 2017. ISSN 2178-1486. Disponível em: <http://sociodialeto.ojs.galoa.com.br/index.php/sociodialeto/article/view/22>. Acesso em: 17 nov. 2017.